Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

segunda-feira, 3 de julho de 2017

INVERSÃO DE VALORES - maquiavelismo


Ontem os moradores das favelas do Rio de Janeiro - muito hipocritamente chamadas agora de "comunidades - saíram numa manifestação pedindo uma paz inexistente, desde que os traficantes passaram a dominar a cidade carioca. 
 
 
INVERSÃO DE VALORES:
 
Claro que nem todos os moradores das favelas (oh! perdão pelo uso da palavra indevida!  COMEÇANDO DE NOVO E ACERTADAMENTE: Nem todos os moradores das diversas comunidades, espalhadas por esse balneariozinho aqui, são traficantes, mas a sociedade vem passando por um processo maquiavélico em que os bandidos passaram a ser 'santificados', enquanto os policiais passaram  a ser vistos como os vilões.   E ainda discutem o assunto, pois acham que estão cheias de razão ao 'aplaudirem' a bandidagem.
 

 No meio  do crime,  a Mangueira vista pela maioria  das pessoas como Escola de Samba  ("Mangueira teu cenário é uma beleza")  não passa de uma comunidade onde moram também os traficantes que enchem nossos ouvidos com seu eterno tiroteio, sem falar de um vizinho nosso que já teve sua casa invadida por balas.  As balas que invadiram o apartamento de nosso vizinho, por sorte não acertou ninguém, mas ao menos atrapalhou  sua decoração... e sua  dieta também.
 
 
Na sexta-feira passada, houve de novo a troca de uma greve geral pelo vandalismo.  Saímos da garagem e, diante de uma rua interditada, mais uma tremenda fumaça negra, fora os incêndios,  fomos obrigados  a dar  meia  volta e retornar à garagem.  Ficamos 'enjaulados' !
 
 
A paz depende mais dos diversos tipos de moradores do que da invasão de policiais, como desejam mostrar !  Enquanto ladrões estão soltos por aí, há prédios e casas isolados dentro de suas grades, por uma questão de segurança.  E as 'comunidades' ainda pedem paz.  Ou seja, não atrapalhem e deixem que os assassinos e assaltantes façam seu trabalho SUJO sossegados.
 
 
QUEM DESEJA PAZ SOMOS NÓS.