Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos, porque a história de nossos políticos pode causar deficiência moral irreversível.
Este espaço se resume
, principalmente, à vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem
punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que
engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida
pública.


OPINIÕES PESSOAIS

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

O  ex-presidente  METALÚRGICO disse 
"O PT carece (precisa) de
novas lideranças
"mais espertas que eu".


L. disse isso, com aquele jeitinho sério e revoltado que lhe é peculiar.   Tem toda razão em confirmar a carência petista.  Ele mesmo, que criou o partido, não deveria tê-lo 'sufocado' com sua extrema vaidade durante todo esse tempo, evitando que surgisse alguém que lhe pudesse 'fazer sombra'.  

Isso ocorreu só agora que provavelmente sua candidatura em 2018 pode  (ou deve)  ser   barrada, e ele percebeu que não há  líder no partido capaz de concorrer à Presidência da República.


Somente agora ele percebeu que
seu partido não existe mais?
Com ou sem ele?

Só agora ele viu que o PT morreu
e ninguém o avisou?


*****

Sobre o assunto:


https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/09/21/pt-precisa-de-novas-liderancas-mais-espertas-que-eu-diz-lula.htm?cmpid=copiaecola

_________________________________




Carência


O  ex-presidente  METALÚRGICO disse que o 
"PT carece (precisa) de 
novas lideranças 
"mais espertas que eu".



L. disse isso, com aquele jeitinho sério e revoltado que lhe é peculiar.   Tem toda razão em afirmar isso,  pois ele mesmo, que criou o partido, não deveria tê-lo 'sufocado' com sua extrema vaidade durante todo esse tempo, evitando que surgisse alguém que lhe pudesse 'fazer sombra'.




Isso ocorreu só agora que provavelmente sua candidatura em 2018 pode  (ou deveser   barrada, e ele percebeu que não há  líder no partido capaz de concorrer à Presidência da República. 


Somente agora ele percebeu que 
seu partido não existe mais.
Com ou sem ele.

Só agora ele viu que o PT morreu
e ninguém o avisou!



*****


Sobre o assunto:

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/09/21/pt-precisa-de-novas-liderancas-mais-espertas-que-eu-diz-lula.htm?cmpid=copiaecola


----------------------------------------------




Ladrão critica ladrão


Maia critica Temer e fala em retaliação do DEM


Às vésperas de a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer chegar à Câmara, o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez duras críticas ao peemedebista, disse que ele lhe faltou com a palavra e ameaçou retaliação do DEM em votações que interessam ao governo.


Segundo Maia, o governo e o PMDB têm tratado o seu partido como “adversário” e isso poderá refletir na relação da bancada com o Planalto no Congresso. “Nós queremos saber qual é a verdadeira posição do governo e do PMDB em relação aos Democratas. Tem parecido um tratamento de adversários, eu espero que não vire uma relação entre inimigos”, disse.



Maia, no entanto, afirmou que essa indisposição não deve interferir na votação da segunda denúncia. “Não vamos misturar uma coisa com a outra. Cada deputado vai votar com a sua consciência”, disse. 


Completo em
http://istoe.com.br/maia-critica-temer-e-fala-em-retaliacao-do-dem/
  
*****

1o. - Desde quando foi dado a um ladrão o direito de criticar outro?  


2o. - E desde quando um policozinho tem consciência de alguma coisa, a não ser consciência de ter que empanturrar seu bolso  ?


Os sugadores da Nação  deveriam "ter consciência" de que quanto mais acumulam, mais seus descendentes desejarão que sua morte aconteça o mais rápido possível.









segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Desapareceria ...











Qual o escândalo do dia?



É tanta patifaria nesse país, que  se tornou quase impossível comentar todas as últimas artimanhas que nossos políticos criaram, pois não dá nem tempo.

Para comentários pode não haver tempo, mas  existe tempo suficiente para os parlamentares cometerem atos ilícitos.


Quando desejamos saber qual a última notícia, perguntamos "Qual é a patifaria do dia ?"




Merval Pereira escreveu em sua coluna um artigo chamado DESTINOS CRUZADOS, em que comenta a semelhança da situação do presidente Temer e do ex-presidente L. (o grande destruidor que tivemos). Soubemos sobre a fraude em concessões de aeroportos dos ministros NÃO AFASTADOS  Padilha  e Moreira  que  agiam em conjunto. Já a revista VEJA traz em sua capa a vergonhosa realidade brasileira.  

Soubemos  que  o  "quadrilhão" peemedebista  recebeu milhões em propinas e vai por aí à fora. 

São ladrãos disfarçados em homens do povo que não sofrem nenhum tipo de punição, embora a nossa maneira de punir essa gentalha seja na abstenção às urnas, ao menos por algumas pessoas (não por todas, é claro) 


É impressão ou nossas leis 
deixam sempre uma brecha 
para que os advogados possam usá-las 
e desculparem seus clientes?



De olho nela que vai continuar (ou não) o trabalho de Rodrigo Janot



Raquel Dodge toma posse na PGR,
No lugar de Rodrigo Janot, que deixa o cargo
após quatro anos na chefia do Ministério Público Federal


Raquel Dodge, a primeira mulher a comandar a Procuradoria Geral da República (PGR), toma posse nesta segunda-feira (18) como nova responsável pela chefia do Ministério Público Federal (MPF). Ela substitui Rodrigo Janot, que deixa o cargo após quatro anos.

A indicação de Dodge para substituir Janot foi feita por Michel Temer (PMDB) no dia 28 de junho. Essa foi a primeira vez em 14 anos que um presidente não escolheu o candidato mais votado da lista tríplice – Raquel foi aprovada pelo plenário do Senado por 74 votos a 1 e uma abstenção.

Considerada opositora de Janot dentro da Procuradoria-Geral da República (PGR), Dodge enfrenta agora a tarefa de preservar ou não o modelo de trabalho com os desdobramentos da Operação Lava Jato. Afinal, ela tem o poder de pedir a abertura de uma investigação contra autoridades com foro privilegiado, apresentar denúncia contra elas e negociar delações premiadas.



Olho nela que vai continuar (ou não) o trabalho de Rodrigo Janot


Raquel Dodge toma posse na PGR, 

No lugar de Rodrigo Janot, que deixa o cargo 

após quatro anos na chefia do Ministério Público Federal


Raquel Dodge, a primeira mulher a comandar a Procuradoria Geral da República (PGR), toma posse nesta segunda-feira (18) como nova responsável pela chefia do Ministério Público Federal (MPF). Ela substitui Rodrigo Janot, que deixa o cargo após quatro anos. 
A indicação de Dodge para substituir Janot foi feita por Michel Temer (PMDB) no dia 28 de junho. Essa foi a primeira vez em 14 anos que um presidente não escolheu o candidato mais votado da lista tríplice – Raquel foi aprovada pelo plenário do Senado por 74 votos a 1 e uma abstenção.
Considerada opositora de Janot dentro da Procuradoria-Geral da República (PGR), Dodge enfrenta agora a tarefa de preservar ou não o modelo de trabalho com os desdobramentos da Operação Lava JatoAfinal, ela tem o poder de pedir a abertura de uma investigação contra autoridades com foro privilegiado, apresentar denúncia contra elas e negociar delações premiadas.
http://exame.abril.com.br/brasil/raquel-dodge-toma-posse-na-pgr-acompanhe/?utm_source=pushnews&utm_medium=pushnotification?oferta=true